Loading...
Menu
ESPECTÁCULO DE FIM DE ANO

29 a 31 DEZ

NOVO CIRCO

Maintenant ou Jamais

Agora ou Nunca

CHEPTEL ALEÏKOUM, CIRCA TSUICA *França

29 A 31 DE DEZEMBRO ~ 21H
Heliporto de Monchique

Na noite de passagem de ano, o ESPECTÁCULO
estende-se até às 00h. Dar as boas-vindas a 2017
com os voos rasantes e sons efusivos de Circa Tsuïca!


DURAÇÃO: 1h45
M/6

BILHETES:
5€ Adultos
2,5€ crianças até aos 12 anos


BILHETEIRA
Um espectáculo de circo festivo e magnético que se apresenta numa tenda: o ponto de encontro de música sem fim, números de trapézio e trampolim, num equilíbrio sempre prestes a romper o espaço. A bicicleta acrobática é um dos objectos de atenção destes artistas que trabalham o seu valor simbólico e circense: a viagem, o voo, a sua ligação ao quotidiano, a sua popularidade. Humor indisciplinado e uma imaginação desabrida fazem deste momento uma esvoaçante viagem, livre e alegre, que nos convence da importância de estarmos juntos. Será possível sonhar em conjunto um mundo ideal? Um objecto universal para famílias de todas as nacionalidades e proveniências celebrarem juntas a viragem do ano!

Video: Maintenant ou Jamais teaser | Lavrar o Mar
SOBRE CHEPTEL ALEÏKOUM, CIRCA TSUICA *França
Colectivo de doze artistas, músicos e acrobatas formados na sua maioria pelo Centro Nacional de Artes de Circo de Chalons en Champagne / França, que vive e trabalha há mais de dez anos em conjunto. Um grupo indescritível e único de indivíduos que partilham as suas paixões e vida.

FICHA ARTÍSTICA
Co-criação e interpretação acrobacia e música: Amanda Lund, Aymeric Thuillier, Charlotte Rigaut, Franck Bodin, Guillaume Dutrieux, Lola Renard, Manu Debuck, Mathieu Despoisse, Olivier Pasquet, Thomas Reudet, Tom Neal
Encenação: Christian Lucas
Música: Guillaume Dutrieux
Bicicleta acrobática (supervisão): Pierre Glotin
Figurinos: Fanny Mandonnet
Desenho de luz: Jean Ceunebroucke
Operação de luz: Jean Ceunebroucke, Matthieu “Emile” Duval
Técnico: Cédric Malan
Produção: Cheptel Aleïkoum

IMPRENSA
Aqui está o tipo de espectáculo onde o público é verdadeiramente convidado a festejar – com aperitivo incluído. Circa Tsuica domina maravilhosamente a arte de colocar o espectador no centro da sua alegre fanfarra. E uma vez tomado o assento, não se pode mais desviar o olhar.
— Time-Out.BE, Nicolas Laizy, 2015