Loading...
Menu

TERRA é o elemento que molda a programação do 4º ciclo do Lavrar o Mar - As Artes no Alto da Serra e na Costa Vicentina - que começou em outubro de 2019 e termina em maio de 2020.

JANEIRO A MAIO 2020

Mar, serra, duna, vila, prado e bosque. São todos elementos que fazem parte da TERRA. Da terra onde nascemos, crescemos e onde viajamos. Fisicamente ou, neste caso, através das artes. As artes como ponte entre nós e o outro, entre o que está perto e o que está longe, entre o novo e o velho, entre o aqui e o mundo.

Entrámos agora numa nova década que traz consigo grandes desafios que teremos de enfrentar nesta que é a nossa TERRA. Para tal, desejamos que 2020 venha com mais acção, diálogo, empatia e cuidado! Porque TERRA há só uma. O novo ano começa com dois espectáculos dedicados às criaças e aos adultos que as acompanham: A Grande Viagem do Pequeno Mi e A Cantora Deitada, baseados nas obras com o mesmo nome de Sandro William Junqueira, duas co-criações entre Madalena Victorino e diferentes artistas. Dois espectáculos que exploram o poder da imaginação.

Em fevereiro, daremos continuação ao projecto teatral Medronho, nas catedrais desta aguardente secular, com mais um episódio escrito por Afonso Cruz e encenado por Giacomo Scalisi. No final de fevereiro iremos receber Michel Laubu – um artista e antropólogo fictício francês - com Deux Pierres (2πr), que nos trará um espectáculo de teatro de objectos inesperado que nos mostra como é a vida na Turákia, assim como um laboratório de criação para os artistas e as pessoas interessadas.

Em março, já na primavera, começaremos as Caminhadas com Arte: um momento para caminhar ao lado de pessoas muito particulares que levarão o público à contemplação e à reflexão.
Os guias serão especialistas das artes, das ciências e pensadores de áreas de estudo muito distintas. No fim, os diferentes grupos confluirão num só local para um almoço tardio em plena paisagem natural.

No domingo de Páscoa, em abril, três irmãos músicos de etnia cigana oriental, chegam do outro lado do mundo. Do Rajastão, trazem um concerto único onde a sacralidade universal se sentirá no ar puro da paisagem. Uma viagem no tempo e no espaço através da ancestral música tradicional sufi e da música clássica indiana. São eles o Amrat Hussain Brothers Trio. Este trio irá criar um laboratório com músicos do território e partilhar com crianças, a forma como esta música na tradição familiar masculina se passa de pai para filho, de irmão para irmão, entre primos e dos avôs para os netos. No final de abril, iremos conhecer Rare Birds da companhia Un Loup Pour L’Homme. Um colectivo de artistas de novo circo que procuram o seu equilíbrio a partir do apoio físico nos outros. Farão também um laboratório com pessoas da 3ª idade com o objectivo de encontrar a avó acrobata ideal.

A temporada terminará em maio com a criação Quando for... Um espectáculo de arte comunitária que inclui imagem, movimento e som. Uma grande instalação performativa de Madalena Victorino, João Tuna, Rémi Gallet, Joana Guerra, Rita Rodrigues, Beatriz Dias, Inês Faria, entre outros.

Após a sequência das intensas tempestades que encheram de água a serra de Monchique e a ribeira de Aljezur, e que obrigaram os gansos a dormir sobre a água, sentimos a TERRA a chamar-nos como nunca, pronta a ser trabalhada, como uma mãe a pedir ajuda aos filhos nas lides lá de casa. Há muito para fazer e para trabalhar nesta que é a nossa TERRA. Vamos a isso?

ALJEZUR E MONCHIQUE

LAVRAR O MAR é um projecto COSANOSTRA Cooperativa Cultural, CRL

EQUIPA E COLABORADORES

Direcção Artística e Programação
Giacomo Scalisi, Madalena Victorino

Direcção Técnica e de Produção
Joaquim Madaíl, Maria Miguel Coelho

Consultoria Financeira
Sandra Correia

Gestão Administrativa
Raquel Oliveira

Consultoria Artística e Produção no Terreno
Rémi Gallet

Comunicação
Vasco Almeida

Assistência à Produção
Guilherme Serrado

Estagiários
Matilde Real, Mário Rui Filipe

Tradução Inglês
Keeley Cheston

Fotografia
João Mariano

Design
1000olhos

CO-FINANCIADO POR

FINANCIADO POR

APOIO

HOTÉIS PARCEIROS

APOIO À COMUNICAÇÃO